FREQUÊNCIA

a frequência constitui aspecto obrigatório na verificação do rendimento escolar.

A frequência definida no Regimento da Instituição é de:

  • 75% para as atividades em sala de aula,
  • 90% para as atividades práticas de ensino (PIC e estágios em hospital e ambulatórios).
  • 100% para o internato.

Caso o aluno não tenha o mínimo de presença necessária ele estará automaticamente reprovado, independente de suas notas e sem direito a fazer o exame final.

REVISÃO/ABONO DE FALTAS

O acadêmico tem direito à revisão de freqüência, desde que requerida por disciplina e no prazo máximo de até 3 (três) dias, contados da data da divulgação das faltas.

Nos termos da legislação vigente, não existe abono de faltas, exceto para acadêmicos que fazem tiro de guerra (Decreto-Lei nº 715/69), que para aboná-las deverão apresentar à secretaria, documento comprobatório, no prazo máximo de até 3 (três) dias contados da data do impedimento.